Família ferreira

Projecto

 

A perspetiva do curso de vida combina uma abordagem rigorosa, crítica, e teoreticamente flexível com temas intrínseca e classicamente sociológicos, por um lado, e com pluralismo metodológico, por outro. Neste projeto ambiciona-se criar e consolidar pontes entre a tradição e o futuro das pesquisas do curso de vida, abordando para tal um dos seus estimados, mas sub-explorados empiricamente, princípios teóricos: o das “linked lives”, no qual se baseia a ideia de que “each generation is bound to fateful decisions and events in the other’s life course”. Usar-se-á a família como microcosmos da interdependência dos eventos de vida, por um lado, e dos efeitos cruzados entre os eventos de vida dos membros de uma família, por outro. 

Numa lógica multidimensional, este projeto pretende responder a questões diferentes mas inter-relacionadas sobre a interdependência dos eventos de um indivíduo ao longo da sua vida (incluindo diferentes esferas de vida) e no interior da sua família (como um todo e direcionado a membros particulares da família). Seguir-se-á uma abordagem quantitativa com base nos dados multinível e longitudinais do EU-SILC, procurando responder a questões relacionadas com os efeitos cruzados entre as esferas da família, do trabalho e do bem-estar. Esta componente europeia, macro e comparativa vai simultaneamente facultar informações acerca da existência e características da especificidade do caso português, úteis para o desenvolvimento posterior e simultâneo da componente qualitativa do projeto. 

Na investigação qualitativa deste projeto, pretende-se aceder às subjetividades e intencionalidades da ação associadas aos eventos de vida e de família experienciados e seus efeitos, como factor fundamental para a compreensão entre os elos de interdependência entre os eventos e as pessoas da mesma família. Serão desenvolvidas entrevistas biográficas com calendários de vida e árvores genealógicas, que serão sujeitas a análise de conteúdo temática e a análise de forma holística. Será ainda desenvolvida análise quantitativa longitudinal e análise de correspondências múltiplas como os dados recolhidos e trabalhados a partir do calendário de vida. Estas análises serão realizadas ao nível do indivíduo e da família. Será realizado um estudo de follow-up dois anos depois, para averiguar o que factual e subjetivamente se alterou na cadeia de interdependências dos eventos na família e a que se devem estas alterações. 

Contents by LINKED's team

Logo by Joana Almeida 2018

This site was designed with the
.com
website builder. Create your website today.
Start Now